Vacinação contra o sarampo é prorrogada até o dia 31 de outubro

A Secretaria de Estado da Saúde prorrogou, até dia 31 de outubro, a intensificação de vacinação contra o sarampo.  As doses da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, continuam sendo aplicadas neste grupo de forma indiscriminada, ou seja, estas pessoas deverão receber um reforço mesmo que já tenham as duas doses completas na carteirinha.

Já para a faixa de crianças de 6 meses a adultos de 29 anos, um profissional de saúde avalia a situação vacinal e, se preciso, aplica a dose para os casos que ainda não tiverem o esquema de imunização completo.  A vacina é contraindicada para bebês com menos de 6 meses, bem como para pessoas imunodeprimidas e gestantes.

A circulação do vírus do sarampo se mantém ativa no estado e, por isso, a Secretaria de Estado da Saúde convoca todos os cidadãos que ainda não receberam as doses da vacina, para que compareçam aos postos para serem imunizados.

Em Amparo, todas as unidades, de segunda a sexta-feira, contam com a vacina, das 8h30 às 15h30.

× Fale com a Gazeta