Prefeitura de Jaguariúna reduz despesas em mais de 30% com implantação do pregão eletrônico

A implantação do pregão eletrônico gerou uma economia de 31,6% para a Prefeitura de Jaguariúna em pouco mais de dois meses da adoção do novo modelo de licitações públicas. O balanço foi divulgado pela Secretaria Municipal de Administração e Finanças e compreende o período de 08 de maio a 17 de julho.

Um exemplo da economia gerada pela modalidade eletrônica é a aquisição de um lote de cestas básicas para distribuição a famílias em vulnerabilidade social, em que houve uma redução de 29,5% na despesa com a compra pela Prefeitura. Em outro caso, na contratação de serviços de internet dedicada, a economia foi ainda maior, de 86%. 

“O pregão eletrônico aumenta a competitividade entre as pessoas físicas ou jurídicas interessadas em contratar com a Prefeitura, que podem acessar o portal Compras Governamentais (https://www.comprasgovernamentais.gov.br/) para participar das sessões online. Todo o processo, inclusive os lances e envio de documentos, é feito via internet, sem a necessidade de deslocamentos presenciais”, explica o secretário de Negócios Jurídicos de Jaguariúna, Fabiano Urbano. “Com isso, aumenta o quadro de pessoas e empresas que disputam o processo licitatório e, consequentemente, o preço cai”, completa.

Via internet

O pregão eletrônico é uma modalidade licitatória utilizada pelo governo brasileiro para contratar bens e serviços, independentemente do valor estimado, criada pela Lei Federal nº 10.520/2002 (Lei do Pregão) e regulamentada na forma eletrônica pelo Decreto 5.450/2005.

Com operação 100% online, o pregão eletrônico facilita o processo de contratação com o poder público porque dá agilidade e permite a desburocratização dos procedimentos licitatórios, ampliando a concorrência entre as empresas.

As principais características desse modelo, em relação ao pregão presencial, são a ausência física do pregoeiro, da comissão de licitação e dos participantes. Também não há lances verbais. Tudo é feito via internet.

× Fale com a Gazeta