Isenção de tarifa de conta de energia é prorrogada para beneficiários de programas sociais

A medida, que antes ia até o fim de junho, foi prorrogada até dia 28 de agosto

O gerente da CPFL, Paulo Gracias, esteve em Jaguariúna no dia 10 para uma reunião com o diretor do Procon da cidade, Edson Cardoso de Sá. Na ocasião, foi informada a prorrogação da aplicação de desconto de 100% nas contas de energia de clientes cadastrados na tarifa social. A isenção da taxa foi oficializada pelo governo federal em abril, como medida provisória por causa da pandemia do coronavírus.

Os clientes que se enquadram na isenção da tarifa são os beneficiários de programas sociais, como o Bolsa Família e BPC ou clientes que utilizam aparelho de oxigênio e que tenham renda per capita de até meio salário mínimo. Para ser isento da tarifa, o consumo mensal do cliente deve ser de até 220kWh. O consumo excedente é cobrado normalmente, assim como taxas e impostos.

Além da suspensão da tarifa aos beneficiários de programas sociais, a CPFL também suspendeu, desde março, o corte da energia em caso de não pagamento da tarifa mensal. A suspensão do corte vai até 22 de junho. As contas em atraso podem ser pagas parceladas em 12 vezes no cartão ou no boleto pelo site da companhia.

× Chat - Fale com a Gazeta