Saúde de Amparo inova na assistência aos pacientes suspeitos e confirmados com o Covid-19

A cloroquina e seu derivado hidroxicloroquina, estão no protocolo de tratamento para pacientes com sintomas leves e moderados

Em pouco mais de 20 dias, a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Amparo reuniu uma equipe médica composta por pneumologista, infectologista,  cardiologista,  reumatologista e clínico geral, fisioterapeutas, enfermeiros e psicólogos, com o propósito de construir um Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) que pudesse acompanhar os pacientes desde os primeiros dias de sintomas. Com isso, garantir uma assistência integral e muito mais eficiente no tratamento do coronavírus Covid-19, com a proposta em reduzir o agravamento da doença e posteriormente a não necessidade de internação hospitalar.

Desde o dia 11 de maio, a Secretaria de Saúde iniciou os atendimentos nos polos São Dimas, Bolão, Postão, Arcadas e Três Pontes. A cloroquina e seu derivado hidroxicloroquina, estão no protocolo de tratamento para pacientes com sintomas leves e moderados de Covid-19. De acordo com o protocolo, cabe ao médico a decisão de prescrever ou não a substância, sendo necessária também a vontade declarada do paciente, com a assinatura do Termo de Ciência e Consentimento.

Casos leves são aqueles pacientes que não precisam de internação e apresentam um ou mais sintomas como coriza, diarreia, febre, perda do paladar e olfato, dores musculares e abdominal, tosse, fadiga e dores de cabeça. Tosse e febre persistente, com piora de algum dos outros sintomas e presença de fator de risco, são sinais moderados de Covid-19. Para os casos moderados, a equipe médica deve avaliar a necessidade de internação e a presença de infecção bacteriana e considerar o uso de anticoagulantes e corticóides.

No dia 14 de maio representantes da Secretaria estiveram reunidos com representantes dos hospitais e da rede suplementar, no Paço Municipal Prefeito Carlos Piffer para compartilhar o “Protocolo” de tratamento aos pacientes com coronavírus. “É o SUS de Amparo, compartilhando inovação e conhecimento, porque juntos somos mais fortes. Essa é a nossa gestão em Saúde. Confiança e melhoria contínua”, ressalta o secretário de Saúde, Vinicius Grana Tonon.

× Fale com a Gazeta