Campinas adia início do rodízio de veículos pra submeter projeto à Câmara de Vereadores

Horário do rodízio também foi alterado em relação à proposta inicial; Carros de motoristas do transporte por aplicativos também entram nas exceções ao sistema

A Prefeitura de Campinas adiou o início do rodízio de veículos, que estava previsto para segunda-feira, 18, para submeter o projeto à Câmara de Vereadores. O anúncio da mudança foi feito pelo prefeito Jonas Donizette (PSB) nesta sexta-feira, 15. O texto deve ser protocolado no Poder Legislativo na segunda.

Segundo a prefeitura, o rodízio tem o objetivo de ampliar o isolamento social durante a pandemia do novo coronavírus. Outra previsão é a queda de até 50% no número de acidentes, fator que pode aliviar a ocupação dos leitos de hospitais.

A administração municipal também mudou o horário do rodízio. Na proposta inicial, a regra valeria entre 6h e 20h. Agora, se aprovado, vai ocorrer entre 7h e 19h, entre segunda e sexta-feira e em todas as vias da cidade. São duas horas de redução.

× Fale com a Gazeta