Estados e municípios recebem R$4 bilhões extras para combater coronavírus

Todos os municípios foram contemplados e podem adquirir mais materiais e insumos, abrir novos leitos e custear profissionais e ações de saúde

O Ministério da Saúde liberou R$4 bilhões extras para estados e municípios reforçarem suas ações de combate ao coronavírus. O valor é um adicional ao que já recebem para custeio de ações e serviços relacionados à saúde. Todos os estados e municípios brasileiros foram contemplados e já estão com o valor em conta.

Com os recursos, estados e municípios podem adquirir materiais e insumos, abrir  leitos, além do custeio de profissionais de saúde, ações e procedimentos, de acordo com a necessidade local, para enfrentamento específico ao coronavírus.

O valor destinado corresponde a uma parcela mensal do que cada estado ou município já recebe para ações de média e alta complexidade ou atenção primária. De acordo com a portaria, municípios que recebem recursos para média e alta complexidade terão direito a uma parcela mensal extra, em igual valor. Os que não recebem, tem direito ao valor repassado para a atenção primária, também em igual quantia.

Média e alta complexidade

São ações mais complexas executadas pelos hospitais, voltadas para os casos graves e críticos dos pacientes com coronavírus. Os recursos são usados para custeio dos profissionais, procedimentos (exames, cirurgias), internações, leitos e medicamentos especializados para cada necessidade. A verba também pode ser usada para possíveis complicações relacionadas ao coronavírus para cada caso.

× Fale com a Gazeta