Sérgio Moro anuncia saída do governo Bolsonaro

Após o Diário Oficial da União desta sexta-feira, 24, confirmar a exoneração de Maurício Valeixo do comando da Polícia Federal, o ministro da Justiça, Sergio Moro, anunciou sua saída do governo de Jair Bolsonaro. Valeixo era o braço-direito e homem de confiança do ex-juiz da Lava Jato.

Na manhã de quinta-feira, 23, Moro pediu demissão quando foi informado pelo presidente da decisão de demitir Valeixo. O ministro avisou o presidente que não ficaria no governo com a saída do diretor-geral.

Segundo as informações, após o pronunciamento de Moro o Planalto enviou emissários para tentar convencer o ministro a ficar. Moro não aceitou.

Com a demissão de Sérgio Moro, Bolsonaro avalia indicar para o posto de ministro o chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira.

× Fale com a Gazeta