Em Pedreira, decreto autoriza abertura de comércios e salões de beleza com exigências

Reunidos na Câmara Municipal de Pedreira, Prefeito Hamilton Bernardes e vereadores discutiram novas medidas de flexibilização no combate ao coronavírus. Uma delas é a prorrogação de quarentena que acompanha o decreto do Governo do Estado de São Paulo, até o dia 10 de maio.

Além dos serviços essenciais autorizados pelo governo, o município decretou a normatização de dois serviços: comércio e salões de beleza, com regras. A flexibilização exige que todos usem máscaras durante o atendimento, deve ser utilizado álcool em gel e o número de pessoas por estabelecimento é reduzido em um a cada 15m².

“A partir do dia 22 esses serviços podem trabalhar com essas condições. Podem trabalhar com porta aberta, mas entra um por vez. Não é que queremos criar problema para a população, nós não queremos que nossos cidadãos se contaminem”, diz o prefeito.

Hamilton agradece a Deus que não há nenhum caso confirmado na cidade até o momento. “Vamos ter? Provavelmente. Mas Graças a Deus não teve nenhum caso e isso dá tempo para nos organizarmos para enfrentarmos essa pandemia”, declara.

× Fale com a Gazeta