É #FAKE imagem com novas atividades permitidas no período de quarentena pelo Governo de SP

Circula nas redes sociais uma imagem com novas atividades permitidas pelo Governo de São Paulo no período de quarentena, mas é #fake. De acordo com a comunicação do Estado, esse material não foi produzido ou divulgado pelo Governo.

A quarentena entrou em vigor no dia 24 de março em todos os 645 municípios do Estado e após os 15 dias, foi prorrogada até o dia 22 de abril. A medida impõe o fechamento do comércio, exceto os serviços essenciais de alimentação, abastecimento, saúde, bancos, limpeza e segurança.

O decreto assinado pelo Governador João Doria lista as exceções em seis categorias. Nos serviços de saúde, está liberado o funcionamento de hospitais, clínicas – inclusive as odontológicas – e farmácias. No setor de alimentação, podem funcionar supermercados, hipermercados, açougues e padarias – que não podem permitir o consumo no estabelecimento durante a quarentena.

No setor de abastecimento, podem atuar normalmente transportadoras, armazéns, postos de gasolina, oficinas, transporte público, táxis, aplicativos de transporte, serviços de call centerpet shops e bancas de jornais.

Os demais setores que podem oferecer serviços durante a quarentena são: empresas de segurança privada; empresas de limpeza, manutenção e zeladoria; bancos, lotéricas e correspondentes bancários.

Todo o conteúdo verdadeiro produzido pelo Estado está no site www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus e nos canais oficiais governosp nas redes sociais Twitter, Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube, Vimeo, Flickr e TikTok.

× Fale com a Gazeta