Bolsonaro decide demitir Mandetta ainda nesta segunda-feira

Ex-ministro da Cidadania Osmar Terra é o mais cotado para assumir o cargo; ala militar defende nome de mulher para a Pasta

O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir ainda nesta segunda-feira, 06, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em meio à crise do novo coronavírus. O ato oficial de exoneração de Mandetta está sendo preparado nesta tarde no Palácio do Planalto. A expectativa é que a decisão seja publicada em edição extra do Diário Oficial da União após reunião do presidente com todos os ministros, entre eles Mandetta, convocada para as 17h.

A informação sobre a exoneração de Mandetta foi confirmada ao GLOBO por dois auxiliares do presidente da República.

× Chat - Fale com a Gazeta