Prefeitura proíbe corte de energia elétrica em Holambra por 60 dias

O prefeito Fernando Fiori de Godoy assinou nesta segunda-feira, 23, decreto que proíbe o corte no fornecimento de energia elétrica no município por 60 dias, mesmo que haja falta de pagamento. A medida faz parte de um pacote de ações que estão sendo promovidas pela administração para prevenir a disseminação do novo coronavírus e minimizar os efeitos sanitários e econômicos da pandemia.

“Essa situação que estamos enfrentando vem causando impactos no dia-a-dia em todo o País, não apenas na saúde, mas também no bolso das famílias”, explica o prefeito. “Precisamos garantir a manutenção de serviços essenciais para o enfrentamento da ameaça neste momento em que a maioria da população está em isolamento social”.

Na sexta-feira, 20, a Prefeitura de Holambra já havia determinado suspensão, também por dois meses, de cortes no abastecimento de água, dando às famílias mais tempo para organizarem as economias. Mais informações sobre o Pacote de Medidas de Holambra para o enfrentamento ao vírus e orientações sobre prevenção e atendimento podem ser encontradas no site www.holambra.sp.gov.br/coronavirus.

× Chat - Fale com a Gazeta