Chuvas acumuladas deixam 9 cidades da região de Campinas em estado de atenção, diz Defesa Civil

Monte Mor teve precipitação acumulada de 132 milímetros em 72h. Espírito Santo do Pinhal e Valinhos estão entre os municípios com maiores volumes

Nove municípios da região de Campinas entraram em estado de atenção por conta das chuvas desta semana. O boletim foi divulgado na manhã desta quinta-feira, 27, pela Defesa Civil. Juntas, as cidades acumulam 923,5mm em 72h.

Monte Mor está em situação mais crítica, com 132mm. Em segundo lugar aparece Espírito Santo do Pinhal, que contabilizou 119 mm e, em terceiro, Valinhos, com 114,3 mm.

Ranking dos maiores volumes

Monte Mor: 132mm

Espírito Santo do Pinhal: 119mm

Valinhos: 114,3mm

Campinas: 106,1mm

Vinhedo: 102,2mm

Amparo: 97mm

Jaguariúna: 86,2mm

Artur Nogueira: 84,7mm

Santo Antônio de Posse: 82mm

O coordenador regional da Defesa Civil, Sidnei Furtado afirma que o risco neste momento é de deslizamentos de terra, pois o solo está saturado. Inundações também podem ocorrer se chover mais forte.

“Conforme o Plano de Contingência, as cidades devem intensificar as vistorias preventivas em áreas já consideradas de riscos, em especial com risco de deslizamento de terra. As pessoas devem solicitar uma vistoria da Defesa Civil quando perceberem alguma alteração na sua casa, muro, árvore, especialmente deslizamento”, explica.

Em Campinas, a aproximação de uma frente fria gerou rajadas de vento de até 46,8km/h na terça-feira, 25, e a Defesa Civil registrou a queda de uma árvore na Avenida Francisco José de Camargo Andrade. Não houve informações sobre feridos.

Ponte desabou em Mogi Guaçu

A cidade de Mogi Guaçu está em estado de observação, com 78,6mm registrados. Nesta quinta-feira, 27, um motorista de caminhão morreu após uma ponte desabar e o veículo que ele dirigia cair em um rio.

A estrutura não suportou o volume de água, que aumentou muito por conta das chuvas desta quarta, 26.

Fonte: G1 Campinas

× Fale com a Gazeta