Jaguariúna inaugura creche “Dr. José Bonifácio Coutinho Nogueira”, a maior da cidade

A unidade leva o nome de Dr. José Bonifácio Coutinho Nogueira, fundador da EPTV, afiliada da TV Globo

Jaguariúna inaugurou na manhã deste sábado, 15, um centro de educação infantil para atender cerca de 400 crianças com até cinco anos. A creche e pré-escola contempla moradores das regiões dos conjuntos residenciais Jaguariúna I e II, além do bairro Cruzeiro do Sul.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), participou da cerimônia inauguração junto com o prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis (MDB).
“Maior creche da cidade, ela vai atender 400 crianças em período integral e a educação de Jaguariúna no ensino infantil, a base de toda educação, por isso fizemos esse investimento, essa parceria, vai ser muito importante para a formação das nossas crianças e para a população da cidade”, frisa o prefeito.

O discurso do governador destaca o homenageado, José Bonifácio, como um homem que sempre esteve à frente do seu tempo, muito, muito à frente. “Olhava 20, 30 anos adiante. Deixou esse legado aos seus filhos e aos seus netos. Deixou um legado no agronegócio, na indústria da comunicação, na inovação, na ciência e tecnologia e, sobretudo, na educação. Uma honra como governador de São Paulo ter vindo a Jaguariúna ao lado do prefeito Gustavo Reis inaugurar uma escola infantil com o nome de José Bonifácio Coutinho Nogueira”.

A escolha do nome
Coutinho Nogueira foi homenageado pela dedicação da vida pública à educação. Após ser secretário da Agricultura e implantado o Programa de Revisão Agrária para incentivar o desenvolvimento consciente da produção, fundou a primeira televisão educativa do Brasil de repercussão nacional, a TV Cultura. Pouco tempo depois, foi secretário estadual da Educação e secretário da Cultura, Ciência e Tecnologia.

Ao deixar o poder público, encontrou novo caminho para levar informações à comunidade: trouxe a primeira emissora de TV regional para Campinas, a EPTV, que depois também chegou até as áreas de Ribeirão Preto (SP), região central de São Paulo e Sul de Minas. Ele morreu em 2002, aos 78 anos.

“Ele foi um idealista da educação, um homem à frente do seu tempo, que viu as coisas e conseguiu planejar em muitos aspectos a educação no estado de São Paulo. E acho que, por trás desse idealismo dele, está o trabalho da EPTV. Levando educação, entretenimento e cultura para toda nossa região”, ressaltou o diretor geral da emissora, Antônio Carlos Coutinho Nogueira

× Fale com a Gazeta