Relembre 15 fatos que movimentaram a política e a economia da região de Campinas

O ano de 2019 foi de alguns contrastes nos setores da política e economia na região de Campinas. O Produto Interno Bruto (PIB) de Paulínia foi assunto nacional por ser o maior PIB por habitante do Brasil, mas a cidade amarga problemas crônicos na administração municipal, como serviço precário de saúde pública.

Campinas teve prefeito investigado por suspeita de improbidade administrativa, corte de comissionados e irregularidade em repasse de verbas. Também sediou um dos concursos públicos com mais vagas na administração da cidade nos últimos anos, que chegou a 103 mil inscritos e avançou com as obras do BRT (Ônibus de Trânsito Rápido).

Entre outros destaques do ano, o presidente da república Jair Bolsonaro polemizou na região ao falar sobre política da Anvisa. No mercado de trabalho, estudo apontou compensação desigual na região metropolitana. E a economia ganhou um incentivo com o saque de R$ 500 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Relembre 15 fatos econômicos e políticos: – Paulínia, Louveira e Jaguariúna estão no top 10 das cidades com os maiores PIBs por habitante do Brasil, aponta IBGE;

– RMC recupera só 32% dos 78 mil postos de trabalho perdidos na crise e ’empobrece’ R$ 606 milhões;

– Bolsonaro critica demora da Anvisa para liberar registros: ‘Será excesso de zelo ou só está procurando criar dificuldade para vender facilidade?’;

– Operação contra fraude na compra de merenda prende dois secretários de Americana;

– Com liberação de saque do FGTS, Acic projeta injeção de R$1,2 bi na economia da região de Campinas;

– Du Cazellato, do PSDB, é eleito prefeito de Paulínia em eleição suplementar;

– TJ determina afastamento de Jonas por improbidade e corte de comissionados na Prefeitura;

– Negociações buscam colocar Campinas como a 1ª do País a ter entregas de refeições por drone;

– Em meio à crise política, Paulínia tem imóveis abandonados nas áreas da saúde e educação;

– Vice-prefeito de Sumaré faz vídeo quebrando radar móvel: ‘Na minha cidade, não!’;

– Concurso da Prefeitura de Campinas tem 103,5 mil inscritos; disputa chega a 2,6 mil por vaga em um dos cargos;

– Pequenos negócios impulsionam economia do turismo na RMC, diz estudo do Observatório da PUC;

– MP pede à Justiça afastamento do secretário de Transportes da presidência da Emdec;

– Campinas estuda novo trecho do BRT até Viracopos e concessão de terminais urbanos;

– MP pede à Justiça bloqueio de bens do prefeito de Campinas por ‘pedaladas’ no Camprev.

Fonte: G1 Campinas e Região.

× Fale com a Gazeta