Álcool e energético: uma mistura perigosa para o coração

A combinação álcool e energéticos está diretamente relacionada ao aumento da pressão cardíaca

Paula Partyka – [email protected]

Muita gente ignora o aviso no rótulo dos energéticos – que eles não devem ser tomados junto com bebidas alcoólicas, mas, essa combinação pode ser fatal para o coração. O cardiologista Dr.  Gustavo Cortes Vieira, confirma ao Gazeta Regional que a mistura do álcool e energético realmente pode ser perigosa. 

Ele explica que o energético ameniza o sabor da bebida alcoólica e faz a pessoa beber uma quantidade maior. “E ai temos os perigos inerentes e muito bem esclarecidos do excesso de bebida alcoólica como acidentes, brigas e etc.”.

Por outro lado, apenas o álcool é relacionado com eventos cardiológicos principalmente arritmias cardíacas. Porém, as substâncias encontradas nos energéticos como cafeína e taurina podem aumentar essa probabilidade, portanto, o cardiologista alerta que essa mistura deve ser evitada ao máximo.

“Os casos mais delicados para essa mistura são os pacientes que já possuem qualquer evidência de alterações cardiológicas, estes devem evitar esta mistura.  Por isso, uma avaliação com cardiologista sempre é importante para todas as pessoas saberem essa predisposição”, diz.

Em relação a quantidade de consumo que desencadearia as possíveis complicações, é muito relativo, pois, depende de cada indivíduo. “Uma dica é que se for consumir, evitar a mistura. E, se usar, tomar muita água para hidratação além de ter sua saúde checada por especialista periodicamente”, finaliza Dr. Gustavo.

Serviço

Formado em Medicina e Residência Médica em cardiologia na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Gustavo Cortes Vieira é diretor médico na Clínica Loema Medicina e Bem Estar, em Campinas. Telefone para contato (19)3232-9900.

× Fale com a Gazeta