Estação de Tratamento de Esgoto do Camanducaia é inaugurada em Holambra

A solenidade de inauguração é aberta a toda a comunidade

A Prefeitura de Holambra e a Concessionária Águas de Holambra inauguram na quarta-feira, 23, a primeira Estação de Tratamento de Esgoto do bairro Camanducaia. O ato acontece às 15h30 com a presença de autoridades locais. O equipamento, construído ao longo dos meses anteriores pela concessionária, tem capacidade para tratar 200m³ de efluentes por dia e atender totalmente à demanda das 80 chácaras que compõem a região.

A estação opera por meio de reator biológico de contato, conhecido como biodisco. O modelo, proveniente de tecnologia holandesa, funciona por meio da rotação de discos que geram o oxigênio necessário para que as bactérias realizem o tratamento e façam a conversão da matéria orgânica, sendo um sistema flexível e expansível.

Esses dispositivos, quando estão em operação, ficam com 40% da área total submersa no efluente – enquanto os 60% restantes permanecem expostos à atmosfera. O sistema de rotação é acionado por motor elétrico de alta eficiência, fazendo com que essa tecnologia consuma até 60% menos energia que outros métodos convencionais de lodos ativados, processo que exige a utilização contínua de ar, fornecido por sopradores ou aeradores.

De acordo com o prefeito Fernando Fiori de Godoy, a melhoria beneficia muito a vida de todos os moradores do bairro. “Essa é a primeira unidade de tratamento de esgoto do bairro. Uma conquista importantíssima que contribuirá diariamente para a preservação do meio ambiente e para a saúde pública naquela localidade. É um ganho expressivo de infraestrutura e de qualidade de vida para os moradores do Camanducaia”, diz.

Para o presidente da concessionária, Ricardo Miranda, a conclusão desse projeto representa um avanço significativo para o saneamento de Holambra. “O país ainda tem um grande déficit nesse setor e ver que o município caminha na contramão desse cenário demonstra o nosso compromisso coletivo de assegurar a perpetuidade da saúde e qualidade de vida da população atual e das próximas gerações. A concessionária fica satisfeita em contribuir com esse desenvolvimento sustentável”, ressalta.

× Chat - Fale com a Gazeta