Holambra recebe verba para sinalização turística

Turismo de São Paulo libera R$4,6 milhões para região de Campinas; Valor deve se investido em melhoria de infraestrutura e obras em andamento

A Secretária de Turismo do Estado de São Paulo, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur), liberou em agosto R$23,1 milhões para a melhoria da infraestrutura turística e obras que estão em execução em 59 estâncias e municípios de interesse turístico. Na região de Campinas, 13 cidades foram contempladas, dividindo R$4,6 milhões. Em 2020 o Estado repassou R$125 milhões, pelo Dadetur, para 150 municípios.

Foram atendidas na região de Campinas: Águas da Prata, para a modernização da iluminação pública; Caconde, para a infraestrutura do parque da prainha e iluminação pública; Monte Alegre do Sul, para a reforma dos sanitários públicos, cobertura para a feira de turismo rural, sinalização urbana no transito rural e a construção de um campo society; Holambra, para a sinalização turística; e Águas de São Pedro, para a infraestrutura da área turística, açcrião de um parque e a integração do portal. Em Amparo, o recurso será para a reforma do Morro do Cristo e a construção de sanitários no Parque Municipal; em Serra Negra, para a revitalização da fonte do Parque São Luiz; em Torrinha, vai para revitalização e paisagismo; em Joanópolis, para a implantação de um parque linear; em Lindoia, para a implantação de iluminação ornamental e a infraestrutura do parque aquático; em Estiva Gerbi, para a construção da sede do centro cultural; em Tambaú, para a implantação de um portal nas entradas do município e em Brotas para a pavimentação asfáltica.

 “A continuidade das obras preserva empregos locais e deixa os destinos mais bem preparados para o retorno dos visitantes”, explica o secretário Estadual de Turismo, Vinicius Lummertz. São Paulo tem 70 municípios considerados estâncias e outros 140 classificados como de interesse turístico.

× Chat - Fale com a Gazeta