Oficinas Culturais tem agenda para o mês de setembro

O Programa Oficinas Culturais, da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciado pela Poiesis, está presente no ambiente on-line desde que teve suas atividades presenciais paralisadas com o início da pandemia do Covid-19. Além das ações da capital, o programa possui projetos no interior e litoral de São Paulo, que também seguem com suas atividades em uma nova programação virtual.

Ao todo, o Programa Oficinas Culturais ofereceu cerca de 100 oficinas desde o mês de abril, tendo atendido mais de 3 mil pessoas. As atividades promovidas pelo Programa são gratuitas e podem ser consultadas em www.poiesis.org.br/maiscultura.

Confira parte da programação de setembro de oficinas no interior

Oficina: Documentários Domésticos

Nesta oficina, os participantes entram em contato com métodos de produção audiovisual voltados para o cinema documentário, não importando o tipo de dispositivo de vídeo (celulares, webcam, câmeras semi- profissionais, DSLR’s etc.) A atividade é focada em técnicas de filmagem e produção sem sair de casa – respeitando as orientações de isolamento social – utilizando equipamentos de baixo custo e acessórios fáceis de serem encontrados ou adaptados a partir do que os participantes tiveram à mão. Também serão abordados princípios básicos da edição e montagem, resultando em mini-documentário. 30 vagas. Coordenação: Lucas Gervilla.

Inscrições de 21 a 31 de agosto. Aulas dias 14, 16 e 18 de setembro, 14h às 16h.

Oficina: Fotografia digital para celulares (on-line) Transmissão ao vivo pelo Canal das Oficinas Culturais no Youtube

Curso voltado àqueles que querem aprender a fotografar com os seus celulares. Com metodologia mista e didática interativa, Bruna Grassi propõe uma imersão ao universo da fotografia digital com qualquer celular que possua câmera. Não é necessário ter conhecimento prévio em fotografia.

Inscrições 09 a 16/setembro. Aulas dias 21, 22 e 23 de setembro, das 10h às 12h.

Oficina: Artes e estéticas afro-brasileiras

O curso visa introduzir o estudo das artes e das estéticas afro-brasileiras, através de leituras e análises de obras e autores emblemáticas, de diferentes temporalidades, linguagens e contextos. Tomaremos como ponto de partida os debates em torno de tal nomenclatura, suas interpretações e possibilidade de compreensão. Em um segundo momento, serão apresentadas produções de autoria afro-brasileira e suas relações com as histórias, culturas e narrativas brasileiras, passando por períodos que vão desde o colonial ao contemporâneo. 50 vagas. Coordenação: Luciara Ribeiro.

Inscrições de 24 de agosto a 03 de setembro. Aulas dias 21, 23 e 25 de setembro, das 14h às 16h.

× Chat - Fale com a Gazeta