Plano Amparo segue o Governo do Estado e retomada econômica começa nesta segunda-feira, dia 1º

A Prefeitura de Amparo divulgou na tarde deste sábado, 30, o Plano Amparo, baseado no Plano São Paulo, para a retomada da economia. Amparo está na Fase II – Laranja, de acordo com a projeção apresentada pelo Governo do Estado e a partir desta segunda-feira, 1º retoma as atividades.

A etapa laranja, que abrange a capital e outras dez regiões no interior e litoral norte, prevê retomada com restrições a comércio de rua, shoppings, escritórios, concessionárias e atividades imobiliárias. Os demais serviços não essenciais continuam fechados.

O prefeito de Amparo, Luiz Oscar Vitale Jacob emitiu nota sobre a retomada e explicou sobre o Plano. “O Plano São Paulo de Retomada da Atividade Econômica, elaborado pelo Governo Estadual, somente vem prestigiar o projeto elaborado pelo nosso município. Amparo, no final do mês de abril, efetuou a mesma proposta que, agora, é colocada pelo Estado de SP, com a possibilidade de funcionamento de algumas atividades não essenciais, com a devida observância das regras sanitárias e de distanciamento.

Tanto isso é verdade que, quando da discussão judicial do decreto municipal, em primeira instância fomos vencedores, pois, sob a ótica da nobre juíza de Direito, estávamos no caminho certo. Infelizmente, decisão contrária foi obtida junto ao TJ/SP, o qual, por excesso de cautela, entendeu por determinar a suspensão da manifestação municipal. Isso mostra que o Poder Executivo e a população de Amparo vêm fazendo a lição de casa, promovendo o distanciamento social, executando as medidas de higiene e saindo de casa somente para o necessário.

Assim, o Governo do Estado nos classificou como inseridos na Fase II, em que existe a possibilidade da retomada da atividade econômica mediante novos protocolos sanitários. Ainda estamos em QUARENTENA, a qual está prorrogada até o dia 15 de junho, e, portanto, temos que nos adequar e seguir os “Novos Protocolos Sanitários para Retomada Econômica”, os quais estão sendo devidamente discutidos e serão apresentados no dia 1º de junho.

Os novos protocolos sanitários para retomada econômica durante a quarentena consistirão, no uso obrigatório de máscaras, tanto pelo cliente como pelo funcionário do estabelecimento, restrição de acesso, devendo o atendimento se dar de forma individualizada, disponibilização de álcool em gel 70% para clientes e funcionários, higienização permanente de todas as áreas de contato, organização de filas com o devido distanciamento, entre outras medidas.

Aos empresários, caberá promover a devida publicidade das ações de combate à pandemia, implementando todas as medidas sanitárias cabíveis para que, em breve, possamos passar para a Fase III. Só depende de nós! Vamos fazer a nossa parte. Ainda estamos em quarentena, repito. Preservar vidas e minimizar os efeitos da crise econômica é a nossa missão”, ressalta a mensagem do Chefe do Executivo.