Holambra vacina quase metade da população idosa em três dias de campanha

As equipes do departamento municipal de Saúde de Holambra imunizaram até o fim da tarde quarta-feira, 25, contra o vírus Influenza, causador da gripe, 502 pessoas com 60 anos ou mais, o que representa 46,48% da população nesta faixa de idade no município. A campanha de vacinação, que teve início na segunda, é realizada em domicílio por meio de agendamento. O objetivo é eliminar a necessidade de locomoção dos idosos, reduzindo o risco de contaminação a este grupo de risco pelo novo Coronavírus.

 “A população idosa está consciente e atendeu ao chamado”, comemora o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias. “Nossa expectativa é imunizar toda a população idosa até o fim da semana que vem. É fundamental que todos entrem em contato e agendem um horário”. Ele ressalta que a vacina não protege contra o novo Coronavírus, mas é fundamental para agilizar a confirmação de casos, uma vez que será possível descartar o Influenza em pessoas imunizadas.

Para solicitar a dose, que é gratuita, o morador deve ligar para o telefone (19) 3802-2744 ou então para o 3802-8000, aguardar a gravação e pedir para falar no setor de Vigilância em Saúde.

Também beneficiados nesta primeira etapa da ação, os profissionais de saúde estão sendo vacinados nas unidades básicas do Imigrantes e Santa Margarida de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, e no Fundão às quartas-feiras, das 13h30 às 15h30. Até agora, 54,50% destes servidores foram imunizados.

Devem ainda receber a dose profissionais da Força de Segurança e Salvamento (como policiais civis, militares, bombeiros e membros efetivos das Forças Armadas), pessoas a partir de 55 anos, gestantes, mães com filhos recém-nascidos, crianças entre 6 meses e menos de 6 anos de idade, professores, portadores de doenças crônicas, população indígena e pessoas com deficiência. Nesta quarta-feira o governador do Estado de São Paulo, João Dória, antecipou a vacinação para profissionais da Força de Segurança e Salvamento – prevista para começar em 16 de abril – para o dia 30 de março, como parte das estratégias de combate ao Covid-19.