Morte suspeita por novo coronavírus em Pedreira é de uma idosa de 74 anos

Vítima é uma mulher de 74 anos que estava internada no hospital da cidade; Segundo a prefeitura, a causa do óbito foi por insuficiência respiratória.

A Prefeitura de Pedreira apura uma morte suspeita de novo coronavírus. A vítima é uma mulher de 74 anos e estava internada no hospital da cidade. Ela morreu na madrugada de sábado, 21.

Segundo o comunicado da prefeitura, a causa do óbito da moradora foi por insuficiência respiratória. Foram colhidas amostras da idosa para exames e o resultado deve ficar pronto entre 5 e 10 dias.

De acordo com a nota publicada pela prefeitura, este é o quarto caso suspeito de coronavírus em Pedreira. A cidade não registra casos positivos da doença.

Até a manhã deste domingo, 22, os casos confirmados de Covid-19 estavam concentrados nas seguintes cidades da região:

Campinas – 9

Valinhos – 3

Jaguariúna – 1

Hortolândia – 1

Paulínia – 1

Internados e mortes suspeitas

Em Campinas, dos nove casos confirmados até o momento, dois pacientes estão internados em hospitais da cidade, mas em bom estado de saúde, de acordo com a prefeitura. Uma mulher de 48 anos está internada no Hospital da PUC e o quadro dela é estável e tem apresentado melhora. A prefeitura não deu detalhes, nem local de internação da outra pessoa infectada pela doença. O município investiga 253 casos suspeitos da Covid-19.

No Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, uma morte suspeita de coronavírus também está sendo apurada. A vítima é uma mulher, moradora de Águas de Lindoia, que foi transferida para Campinas no final da semana. O exame foi enviado ao Instituto Adolfo Lutz e foi solicitada prioridade.

Indaiatuba  é outra cidade que investiga morte suspeita pela doença. A paciente, de 42 anos, morreu na madrugada do dia 16 de março no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC). Ela já possuía quadro de doença cardíaca, era diabética e apresentou sintomas de gripe. Estava internada com Síndrome Respiratória Aguda Grave. A prefeitura aguarda resultado do exame, também enviado ao Instituto Adolfo Lutz.