Morre Piet Schoenmaker, ’embaixador’ da Expoflora de Holambra, aos 75 anos

Holandês lutava contra um câncer e morreu na noite de sábado, 11; Sua família foi uma das primeiras a produzir flores na cidade

O agricultor e professor de dança holandês, Piet Schoenmaker, considerado embaixador da Expoflora de Holambra, morreu aos 75 anos na noite de sábado, 11. A sua família de migrou para o Brasil em 1959, quando Piet tinha 15 anos e foi uma das primeiras a cultivar flores em larga escala em Holambra.

Para manter suas raízes, foi um dos mais importantes pesquisadores da música, da dança e do folclore holandês, repassados para as gerações seguintes por meio dos grupos de danças holandesas que formou na antiga colônia, hoje conhecida como Holambra, cidade que é a junção dos nomes Holambra, América e Brasil.

O grupo de dança de Holambra é o único no mundo a reunir coreografias de distintas regiões da Holanda, graças ao intenso trabalho de pesquisa realizado pelo professor Piet. O repertório mostra coreografias que datam de 1600 até a atualidade.

As danças, apresentadas por integrantes de diferentes idades, são apresentadas de hora em hora durante a Expoflora, maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina, que acontece em Holambra, entre agosto e setembro e, recebe anualmente cerca de 300 mil visitantes a cada edição.

De costumes simples, vozeirão imponente e risada inesquecível, foi por meio do Grupo de Danças que Piet passou a ser conhecido pelo grande público. Com seu barulhento par de tamancos amarelos, andava por todo o parque conversando com o público e sendo assediado a cada instante para fotos e selfies pelos turistas que o cercavam pelo caminho, sob os olhares pacientes da esposa Ank. Nunca negou uma foto, um abraço, um beijo, um carinho para as pessoas de todas as idades que o requisitavam.

Assim se tornou o ícone, o símbolo, o embaixador da Expoflora. Para homenageá-lo, a organização da Expoflora e a Cooperativa Veiling de Holambra fizeram durante o seu enterro, uma Chuva de Pétalas especialmente para ele.