Colombiana furta estabelecimento de Jaguariúna

A moça está no Brasil de maneira irregular

Na terça-feira, 05, uma cliente da loja Magazine Luiza de Jaguariúna notificou os funcionários de que uma moça havia pego um notebook da loja e guardado em sua bolsa. Ao abordá-la, de fato foi encontrado dentro de sua bolsa o objeto e a Guarda Municipal foi acionada.
Na Delegacia, a indiciada apresentou seu documento, da República da Colômbia. Passado o caso para autoridade policial, que em contato com a Polícia Federal, foi informado que a moça chegou ao Brasil dia 19 de setembro e que foi dado à ela um documento para turistas. O prazo expirou e ela está com a documentação irregular administrativamente.
Nas imagens da loja, pode-se notar algumas pessoas junto com a indiciada, que se movimentam e distraem a atenção dos funcionários. Enquanto isso, um homem corta o cabo de aço que prende o aparelho à prateleira, ela guarda o objeto na bolsa e sai do local.
Ainda na ação, foi subtraído um segundo notebook. No entanto, após os funcionários abordarem a moça, localizaram apenas um deles. O outro objeto não foi localizado.
Diante dos fatos, a autoridade policial determinou a elaboração de auto de prisão em flagrante delito, pelo crime de furto qualificado. A indiciada informou que não possui advogado e não soube informar o contato de alguém para falar de sua prisão. Ela já possui registros policiais por crimes da mesma espécie em São Paulo e Caieiras, com processos em andamento.

Informações de acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia de Polícia de Jaguariúna.