Implantado pela Prefeitura, COI Jaguariúna é certificado como projeto inovador no II Fórum de Cidades Digitais da RMC

O prêmio busca valorizar iniciativas regionais de gestões que buscam técnicas ou ferramentas que ainda não eram utilizadas

O Centro de Operações e Inteligência (COI) Jaguariúna, que opera com 40 câmeras de longo alcance e uma central com telões controlados pela Polícia Municipal, foi implantado pela Prefeitura em maio deste ano e acaba de ser premiado como “Projeto inovador na Região Metropolitana de Campinas (RMC) durante o Fórum de Cidades Digitais da RMC, realizado no último dia 3 de outubro, em Vinhedo. O evento é promovido pela Rede Cidade Digital, com sede em Curitiba e busca valorizar iniciativas regionais de gestões que buscam técnicas ou ferramentas que ainda não eram utilizadas e que gerem resultados positivos para a gestão pública e a vida dos cidadãos nos municípios de pequeno e médio porte.
De acordo com a Rede Cidade Digital, o Fórum propicia a troca de conhecimento sobre como planejar e implantar ações que gerem economia, aumento de arrecadação e maior eficiência no serviço público, melhorando a comunicação com os munícipes e promovendo um ambiente de conectividade, empreendedorismo e crescimento econômico. O certificado foi entregue pelo diretor da Rede Cidade Digital, José Marinho, ao secretário de Segurança Pública de Jaguariúna, Renato José de Almeida Chaves Filho (Tenente Renato), ao diretor da Polícia Municipal, Paulo César Altheman (Comandante Altheman) e ao diretor do Departamento de Informática da Prefeitura, Rodrigo Ortiz de Campos.
Ao ser informado da premiação pelo comando da Polícia Municipal, o prefeito Gustavo Reis destacou a importância da conectividade entre os municípios da RMC na área de segurança pública. “Vivemos num mundo digital e o combate à criminalidade depende muito disso, pois agiliza a tomada de decisões e a pronta ação das forças de segurança. Investimos na implantação do COI e já estamos colhendo os resultados, pois Jaguariúna, hoje, é uma cidade mais segura”.