Validade dos créditos de antigos cartões nos ônibus intermunicipais é prorrogada

A data limite é 15 de novembro

A validade dos créditos nos cartões das antigas permissionárias nos ônibus intermunicipais da Região Metropolitana de Campinas (RMC) foi estendida até 15 de novembro. O prazo se encerraria nesta segunda-feira, 30, mas a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, em conjunto com a EMTU/SP e o Consórcio BUS+, responsável pela operação das linhas metropolitanas na RMC e pela implantação do sistema de bilhetagem eletrônica BUS+, decidiu pela prorrogação a fim de não prejudicar os passageiros que têm saldo remanescente nos antigos cartões.

“Trabalhamos sempre para beneficiar os cidadãos. Por isso, pedimos mais prazo para que os passageiros da região utilizem os créditos que ainda tiverem enquanto providenciam o novo cartão BUS+”, afirma o Secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

A medida vale para os cartões das modalidades Comum e Escolar Meia-Tarifa. O vale-transporte em papel também será aceito nos ônibus até 15 de novembro. No caso dos cartões Sênior (idosos) e Passe Livre (que concede gratuidade a estudantes de baixa renda) a prorrogação não é necessária, uma vez que nestes tipos de cartões os cidadãos não gastam com créditos.

Cartões BUS+

Lançados em 24 de junho, os novos cartões BUS+ podem ser obtidos em 27 postos do Consórcio BUS+ na região. A lista de locais está disponível no site www.busmais.com.br.

O novo Cartão BUS+ unifica e substitui os atuais bilhetes. Além da maior agilidade no embarque, será possível utilizar apenas um meio de pagamento no transporte metropolitano das 20 cidades da região.