Produtores de Holambra abrem estufas de flores e plantas para turistas no fim de semana

Para atender à grande curiosidade do público, um grupo de seis produtores de flores e plantas ornamentais e a Faculdade de Agronegócios de Holambra (Faagroh) uniram-se para criar o evento “Estufas Abertas” e, assim, permitir que o público conheça como é feito o cultivo, a tecnologia empregada e todo o desenvolvimento dos processos com práticas sustentáveis em suas produções. Os passeios acontecem no próximo fim de semana – sábado (13) e domingo (14), às 9h, às 10h e às 11h.

As saídas serão do estacionamento do Parque da Expoflora (Rodovia SP-107, em frente ao Moinho Povos Unidos). O visitante poderá ficar quanto tempo quiser em cada produção. O transporte percorrerá as estufas a cada 15 minutos para a continuidade do passeio ou retorno ao local de embarque. “O passeio pode durar o dia inteiro ou apenas duas horas. O visitante é quem determina o tempo das visitas”, explica Margareth Pennings, da organização do evento. Não é permitido o uso de veículo próprio.

Produções
As produções visitadas serão a Isidorus Flores (rosas em vaso e crisântemos bola belga), Jan de Wit (lírios), Panorama Flores (cíclames e hibiscos), Rancho Raízes (crisântemos em vaso), Van der Heijden (plantas verdes) e Viva Flora (spathyphilium, popularmente conhecida como “bandeira branca”).

O evento é inspirado no “Kom in de kas” (Entre na estufa), promovido em diversas regiões da Holanda desde a década de 1970. Serão apresentadas aos visitantes desde as inovações utilizadas atualmente na agricultura até a valorização do capital humano. O passeio inclui a visita à Faagroh, primeira instituição brasileira de ensino superior com cursos focados na horticultura e com instalações que possibilitam ao aluno a atividade prática durante toda sua permanência no campus.

As visitas são permeadas pelas histórias de seus anfitriões – imigrantes holandeses -, remetendo a seus hábitos, costumes, curiosidades e à adaptação à cultura brasileira. “Tudo num clima familiar e acolhedor, visto que essas fazendas produtivas são como uma segunda casa para os produtores e seus funcionários”, explica Margareth.

Ingressos
Os ingressos custam R$ 72,00, estão à venda no site www.ingressorapido.com.br e incluem o estacionamento e o transporte para as estufas. Terão direito ao pagamento de meia-entrada todos aqueles garantidos por lei e, também, jovens com idades entre 15 e 29 anos pertencentes a famílias de baixa renda, pessoas com deficiência e seu acompanhante, diretores de escolas, coordenadores pedagógicos, supervisores e professores.

Fonte: Ateliê da Notícia