ACI comemora 38 anos de fundação e apresenta metas arrojadas

Diretoria pretende triplicar o número de associados ainda neste ano e pretende atrair até 25% das 5,5 mil indústrias ativas no município

Por Viviane Westin

Uma manhã de homenagens, fortalecimento das redes de contatos, aperfeiçoamento, recordações, resgate histórico, agradecimentos, projeções de expansão e de comemorações. Essas são algumas das palavras-chave que traduzem a dinâmica do evento em comemoração aos 38 anos de fundação da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Jaguariúna, realizado no último dia 2 de abril, na sede da instituição, com a casa cheia de convidados, representantes dos vários segmentos ligados à ACI e autoridades municipais. Confira algumas fotos do evento.
A programação do evento também prestigiou a galeria de fotos dos ex-presidentes da ACI, com a inclusão de alguns quadros para a atualização do acervo, além de uma palestra da Master Mind – Treinamentos de Alta Performance, que abordou o desenvolvimento das competências essenciais para a liderança de alta performance.
Com uma meta ousada, o presidente da ACI, João Rodrigues dos Santos, reafirmou o objetivo de triplicar o número de associados ainda neste ano, dos atuais 221 para 600, já com projeção para atrair entre 20% e 25% das 5,5 mil indústrias ativas no município na atual gestão, ou seja, até 2022. “Com certeza, vamos liderar a região”, pontua o presidente.
Para tanto, o presidente afirmou que há muitos desafios e empenho da diretoria e falou das várias das ações em andamento, bem como dos principais projetos.
Segundo apontado, já foram feitas mais de 150 reuniões nos dois meses e deve ter início a visita porta a porta. “Vou conhecer cada um dos nossos comerciantes, de loja em loja”, afirma. Porém, outras frentes estão na agenda da diretoria e já em processo de diálogo de aproximação: os microempreendedores individuais, as entidades do terceiro setor e a imprensa, são alguns exemplos.
Outros pontos sinalizados dão conta da realização de cinco grandes eventos no Teatro Municipal. Segundo João, especialistas serão convidados para tratar de cada um dos temas: vendas; encontro de master mind; liderança; comunicação – marketing digital, tecnologia e inovação. Além da peça teatral O Monge e o Executivo e de um evento com Sulivan França, com foco para o desenvolvimento interpessoal. As datas ainda não foram informadas e os eventos vão ser realizados em parceria com a Secretaria municipal de Turismo e Cultura.
“Qualificação é o caminho para fortalecer os associados. Vamos criar um calendário mensal de eventos temáticos e dialogar com o Sebrae Campinas para trazer um polo de inovação em Jaguariúna e oferecer cursos e oficinas semanais para capacitação dos empresários”, finaliza o presidente.

(A matéria completa pode ser conferida na edição impressa do Jornal Gazeta Regional)

Papel estratégico da ACI é reforçado pelas lideranças

Entre os ex-presidentes homenageados estiveram presentes na cerimônia o ex-prefeito de Jaguariúna e fundador da ACI Jaguariúna – Tarcísio Cleto Chiavegato; Airton Pelles; Wagner Lima e Vanildo Pereira da Silva. Na galeria de fotos, além dos quadros desses, foram incluídas as homenagens ao Reinaldo Vitório Chiavegato.
O empresário Ilzeu Bobini, 76 anos, prestigiou o evento e comentou do papel da ACI: “O papel da ACI é muito importante, principalmente para o fomento ao comércio. O que é um pouco incompreensível aos próprios comerciantes é que ainda não dão o devido valor à associação. Sendo associado, o comércio tem mais força para batalhar e segurar as ações comerciais dentro do município. O comercio está se fortalecendo, mas ainda é grande o número daqueles que fecham suas portas em pouco tempo. Com o fortalecimento todos saem ganhando e o município em primeiro lugar”.

Economia e segurança
Para o presidente da Câmara Municipal de Jaguariúna, Walter Luiz Tozzi de Camargo, comemorar os 38 anos de fundação da ACI também é um resgate da história da própria cidade, “que busca dentro do comércio e da indústria o seu desenvolvimento, a geração de empregos, representando um marco forte na economia da cidade”.
O prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis, reforçou que a parceria da Prefeitura com a ACI visa fortalecer o comércio e com isso garantir os benefícios da geração de emprego e no giro da economia. Como medida de inovação e segurança do município, anunciou que no próximo mês será inaugurado um Centro de Operação e Inteligência (COI).
Segundo o prefeito, serão instaladas 23 câmeras de vídeo com alcance de 2 Km e 360 graus de giro, para capturar e monitorar imagens em pontos estratégicos da cidade, além de oito telões de monitoramento com funcionamento 24h. “Trata-se de uma novação para manter a segurança do nosso município e isso reflete no comércio da cidade”.

(A matéria completa pode ser conferida na edição impressa do Jornal Gazeta Regional)