Palestra sobre proposta da ONU para o desenvolvimento sustentável abre o projeto Câmara Cidadania

A implementação da Agenda 2030 da ONU e o impacto positivo que ela causa nas políticas públicas em âmbito governamental serão temas da primeira palestra do projeto Câmara Cidadania. Aberto à população, o evento será realizado nesta quinta-feira (21), na Câmara Municipal de Jaguariúna, às 19h.

Conforme a diretora de Desenvolvimento Sustentável, Carolina Freire Lima, a palestra servirá para apresentar aos moradores o que é a Agenda 2030, e como as ações rotineiras cooperam para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

“É fundamental que a população entenda a importância dessa agenda. O poder público têm grande responsabilidade e o dever de garantir o cumprimento das metas e diretrizes, mas com a ajuda e a compreensão dos munícipes tudo se torna muito mais fácil”, destacou a diretora.

Vale ressaltar que Jaguariúna foi a primeira cidade da Região Metropolitana de Campinas (RMC) a ter uma lei (Lei Municipal 2059/2018) que regulamenta ações da Agenda 2030, com enfoque nos ODS nos quesitos social, ambiental, econômico e institucional.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Jaguariúna, Walter Luís Tozzi, o Projeto Câmara Cidadania  visa integrar ainda mais o poder legislativo com a comunidade da cidade, organizando eventos e ações que promovam o bem estar, a conscientização e o esclarecimento da população.

O que é a Agenda 2030

Em setembro de 2015, líderes mundiais reuniram-se na sede da ONU, em Nova York, e decidiram um plano de ação para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, a qual contém o conjunto de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Com informações da Prefeitura Municipal de Jaguariúna – Foto: arquivo pessoal