Cemitério de Jaguariúna deve receber quatro mil visitantes no Finados

Nesta sexta-feira, 2 de novembro – Dia de Finados, o Cemitério Municipal de Jaguariúna estará aberto em horário especial, das 6h às 18h. Segundo o chefe de divisão do velório e cemitério, João Luis Frasatto, a expectativa é que quatro mil visitantes passem pelo local para homenagear os entes queridos já falecidos.

Os cristãos poderão optar entre três horários de missas na capela do cemitério, sendo a primeira às 7h da manhã, com o padre José Siqueira; às 9h, com o pe. Carlos Roberto de Oliveira e, às 16h, com o pe. Milton Modesto. Este último também vai celebrar uma missa especial na Igreja Matriz Santa Maria, às 19h, com benção do Santíssimo.

Cuidados

Os visitantes que pretendem colocar vasos de flores nos túmulos devem estar atentos aos recipientes utilizados para evitar criadouros do mosquito do gênero Aedes, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. Algumas orientações básicas à população é a utilização de vasos perfurados, além das lixeiras para dispensar qualquer resto de material plástico ou lixo.

A vendedora Ana Rodrigues, proprietária de uma banca que comercializa flores nas proximidades do cemitério de Jaguariúna, há quase trinta anos, disse que nos últimos anos os visitantes também têm optado pela compra de arranjos artificiais de flores. “Os vasos desses arranjos são feitos de cimento e não têm abertura para o acúmulo de água. Já os vasos de flores naturais são perfurados”, observa ao comentar sobre os produtos vendidos.

Em relação ao volume de vendas, mesmo com movimentação maior nas datas especiais, como o último Dia dos Pais, por exemplo, a vendedora disse que houve uma queda de 50% nas vendas, mas segue animada. “A minha esperança é sempre de aumento nas vendas e estarei preparada para isso. No Dia de Finados, a banca estará aberta das 5h30 até às 18h30”, finaliza Ana.

Pedreira

Para quem pretende se dirigir ao cemitério do município de Pedreira, ao Necrópole Santa Cruz, é preciso estar atento ao itinerário. A direção administrativa orienta que, no período de 1 até 4 de novembro, o acesso ao local deve ocorrer pela Rua Luiz Francisco Thomazini, enquanto o retorno ao Centro terá obrigatoriamente de ser feito pelas Ruas Ângelo Ferrari e Santo Massucato.

Reportagem: Viviane Westin