Polícia Municipal e forças de segurança realizam ações de policiamento preventivo em Jaguariúna

Uma ação conjunta da Polícia Municipal de Jaguariúna (ex-GM) e as polícias Civil e Militar resultou em atividades de policiamento preventivo nos dias 18 e 19 de outubro em várias regiões da cidade, quando os policiais fizeram bloqueios em ruas e avenidas para revistar carros, caminhões e pessoas, buscando localizar e apreender drogas e armas ilegais.

De acordo com o comando da Polícia Municipal, na quinta-feira (18/10) as forças policiais contaram com duas viaturas da Polícia Civil e se concentraram em pontos estratégicos na entrada da cidade, onde realizaram abordagens entre as 15h e as 22h. Já no dia 19 (sexta-feira), houve inclusive o apoio do helicóptero Águia da Polícia Militar (PM) de Campinas. Nesse dia, o trabalho se estendeu às abordagens em bares e lanchonetes, onde houve revistas pessoais e também de veículos.

Conforme um balanço da operação feito pelo comando da Polícia Municipal, o efetivo empenhado nesta ação conjunta de policiamento preventivo do dia 19 (sexta-feira) recebeu o reforço de seis motocicletas da Rocam (que faz parte do efetivo do 35º BPMI – Batalhão da Polícia Militar do Interior, sediado em Campinas), duas viaturas da Destacamento da Polícia Militar local, 8 viaturas da Polícia Municipal de Jaguariúna e duas da Polícia Civil, além do apoio do helicóptero Águia da PM em sobrevoos sobre a cidade.

“Trata-se de uma ação que será repetida sem avido prévio quanto aos dias e horários em que atuaremos, pois o objetivo é um só: potencializar as ações de segurança preventiva utilizando o que cada corporação possui em termos de material humano, equipamentos e armamento, uma vez que temos que estar atentos e sempre alertas para evitar que a criminalidade ameace a tranquilidade da população de Jaguariúna”, disse o secretário de Segurança Pública Renato José de Almeida Chaves Filho, mais conhecido como Tenente Renato, por ter sido integrante da Polícia Militar do Estado de São Paulo, onde atuou, inclusive, na Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), na capital.

 

Fotos: Divulgação/Polícia Municipal de Jaguariúna