Jaguariúna tem o melhor ensino fundamental da RMC segundo o IDEB

Jaguariúna tem a melhor Educação Municipal da Região Metropolitana de Campinas (RMC), segundo o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) divulgado neste final de agosto pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) do Ministério da Educação. Com nota 6,4, a cidade se destaca sozinha na liderança em qualidade do ensino no Fundamental II que abrange do 6° ao 9°. Itatiba ficou em segundo lugar com 5,9, além de Americana e Pedreira empatadas na terceira colocação com 5,8.

No Fundamental I, do 1° ao 5° ano, Jaguariúna recebeu nota 7,4 também ficando no primeiro lugar da RMC junto ao município de Indaiatuba. A segunda colocação ficou com Holambra com 7,3 e a terceira com Pedreira e Vinhedo empatadas com avaliação de 7,2.

O índice varia de zero a 10 e a partir da nota 6,0 já corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável a dos países desenvolvidos.

“Em Jaguariúna nós alcançamos essa faixa da Educação de primeiro mundo e esse resultado é reflexo do grande trabalho que nossa pasta tem feito na cidade. Para nós é uma satisfação enorme ver a prova de que todo investimento e ações têm revertido em um ensino que se torna referência em nossa região e traz aos nossos moradores o nível de excelência. Essa área é uma de nossas prioridades dada a importância da formação das crianças e jovens para o futuro. Fico realmente muito feliz com essa avaliação e parabenizo todos nossos profissionais e alunos da rede”, comemorou o prefeito Gustavo Reis.

Além de liderar o ranking das cidades, Jaguariúna vem se superando nas avaliações do Inep que acontece a cada dois anos. No levantamento anterior, o Fundamental II tinha recebido avaliação de 5,8 e teve esse salto para 6,4. O Fundamental I já tinha uma nota elevada em 7,1 e conseguiu crescer para os 7,4. A Secretária de Educação, Cristina Catão comenta o desafio.

“Nossa cidade mantém uma crescente no nível do ensino e já tinha índices altos e de destaque na RMC, por isso, conseguir manter esse aumento na qualidade nos deixa ainda mais emocionados e certos de que todos os nossos esforços têm dado um resultado muito positivo. Crescer quando já estamos em um patamar elevado é sempre mais difícil, mas estamos encarando e nos mobilizando constantemente para manter esse desenvolvimento”.

Entre as ações da prefeitura de Jaguariúna na Educação estão os investimentos em capacitação dos profissionais de todas as hierarquias dentro das escolas, a infraestrutura em sala de aula, o sistema apostilado, atividades extracurriculares e merenda de qualidade.

IDEB

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica reflete dois conceitos importantes para a qualidade do ensino, abrangendo o fluxo escolar e o desempenho dos alunos. O cálculo é feito a partir de dados sobre aprovação escolar através do Censo Escolar e das médias de desempenho nas avaliações que são aplicadas pelo Inep: o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) para as unidades da federação e a Prova Brasil para os municípios.

Neste contexto do Ministério da Educação há, inclusive, uma meta para o país de que Brasil alcance a média de 6,0 até 2022.

“Em Jaguariúna nós já superamos essa meta e vamos trabalhar sempre. Essa avaliação traz de fato o real cenário da educação no país e confirma o nosso destaque não só na Região Metropolitana de Campinas”, finaliza a secretária Cristina Catão.